Image

QUICK CONTACT

Você conhece o marketing de influência?

Image

Você conhece o marketing de influência?

September 14, 2016

Uma nova tendência que foi reforçada com a Internet e as redes sociais é a do marketing de influência. Com cada vez mais gente produzindo conteúdo, determinadas pessoas se tornaram mais influentes. Assim, conseguiram conquistar um público fiel que costuma seguir as ideias publicadas.

Não se tratam, no entanto, de celebridades estampadas nas capas de revistas ou no hall da fama. São pessoas comuns, como eu e você, que podem estar sentadas em uma sala de aula ou em um café. E basta ter uma conexão de Internet para aproximar-se delas.

É por isso que as marcam têm interesse de saber quem são essas estrelas do YouTube ou do Snapchat que tanto fazem sucesso. E eles tentam tirar proveito dessa fama de alguma maneira.

A popularidade do marketing de influência tem sido tanta que chegou a um ponto em que as empresas abusam ou talvez usem de maneira equivocada. Isso já fugiu do controle. E, hoje em dia, esses influenciadores recebem dezenas de pedidos de marcas tanto pequenas quanto grandes.

Portanto, é preciso repensar a estratégia de divulgação para saber se o marketing de influência realmente vale a pena ou se faz algum sentido de acordo com os planos da empresa.

Para isso, o site Businesses Grow separou oito aplicações práticas do marketing de influência, que são essenciais para quem deseja investir nesse tipo de tática.

  1. Alcançar um público quando não se tem nenhum

Você conhece o marketing de influência?

As start-ups tendem a ter um grande problema de marketing. Elas geralmente correm contra o relógio e precisam atrair atenção massiva rapidamente, mas não têm um público grande e engajado ou o tempo de construir um.

Por isso, quando se trabalha com start-ups, é preciso considerar esses componentes influenciadores. E o motivo é bem simples. Quando não se tem um público relevante, basta pegá-lo emprestado.

  1. Pesquisa

Ao trabalhar com essas pessoas influenciadoras, você consegue um feedback poderoso na hora de desenvolver novos produtos e aspectos. Isso é algo que deve ser pensado. E essas pessoas são apaixonadas, conectadas e especialistas no seu campo. Quem melhor que elas para dar um feedback rápido e adequado para suas ideias?

  1. Prova social

Outro ponto positivo de estar alinhado com esses influenciadores famosos é que eles proporcionam uma ferramenta de marketing popular, visto que empresas começaram a usar celebridades como Charlie Chaplin e o jogador de baseball Babe Ruth desde a década de 1920. Você ainda pode fazer seu produto “brilhar” por ter um líder de opinião falando sobre sua marca.

  1. Ignição de conteúdo

Com tanta informação circulando hoje em dia, a questão número um para profissionais de marketing é superar isso de maneira positiva. E a solução é o foco na ignição de conteúdo. O valor econômico do conteúdo que não é visto e compartilhado é zero.

Nem todos sofrem com o choque de conteúdo. Os influenciadores confiáveis podem ainda impulsionar um conteúdo apenas com um post ou um tweet.

Na verdade, não há estratégia mais poderosa (inclusive propaganda, promoção e SEO) para poder lançar um conteúdo e criar brand awareness (reconhecimento da marca) dentre um público relevante do que o trabalho efetivo com os influenciadores.

  1. Autoridade de site e SEO

Você conhece o marketing de influência?

Esses influenciadores têm canais de mídia social poderosos? Provavelmente, sim. Um link que eles compartilharem do seu site vai fortalecer seu SEO e a autoridade da sua página? Certamente.

  1. Ponto de alavancagem estratégica

Marketing efetivo tem tudo a ver com a alavancagem estratégica, ou com encontrar artifícios que sejam difíceis de seus rivais copiarem.

Existem tantos influenciadores para seguir. E aqueles que estão no mercado vertical têm abastecimento limitado. Se você alinhar sua marca com esses influenciadores antes da concorrência, isso poderia criar um tipo de vantagem competitiva?

Isso acontece muito no ramo dos esportes. Todo ano, as grandes marcas negociam acordos gigantescos com as estrelas mais populares, já que não existem tantas celebridades que darão lucro certo. Se você as tem, seus concorrentes não.

E essa é uma vantagem importante que faz com que as agências de propaganda busquem um relacionamento exclusivo com celebridades do YouTube ou Snapchat, agindo quase como uma agência de talentos.

  1. Economia de custos

Um dos pioneiros no marketing de influência, o chefe de operações da Moko Social Media, Shripal Shah, certa vez disse que esse pode ser um meio efetivo de economizar com sua promoção.

Isso porque as campanhas de mídia costumam ser medidas em termos de custos por mil impressões. Quando uma marca é citada em um tweet, em um post de Facebook, em um artigo para blog, vídeo, ou comentário, o seu valor aumenta. Isso porque essas pessoas têm um número grande de seguidores e um alto grau de influência.

Quando você faz uma análise da taxa de retorno (ROI), o custo por mil impressões (CPM) está em torno de R$5 a R$20.  Está razoável. Existem diversos casos de retornos sobre investimento (ROI) fenomenais por causa de tweets que levam a artigos de blog e vídeos, que têm grande influência inclusive na mídia tradicional.

Muitas empresas de mídia buscam fontes de redes sociais para uma próxima matéria que possa ser interessante para o público.

  1. Advocacia autêntica

E, por último, mas não menos importante, tem a advocacia autêntica.

Esse é o tipo de caso em que os influenciadores têm uma percepção positiva da marca por conta própria decidem compartilhar sua opinião pessoal.

Por causa disso, quando eles falam da marca porque estão atraídos por suas inovações e diferenciais, também conseguem ser uma ferramenta poderosa do chamado marketing de influência. E isso não necessariamente porque eles são obrigados, mas porque querem disseminar o que há de positivo.

Conclusão

Assim, basta considerar a lista de potenciais formas de empregar o marketing de influência e colocar na balança se essa é realmente a técnica ideal para seu negócio.

Tenha em mente que a barreira de entrada para algumas indústrias está aumentando — quando todo mundo busca um mesmo blog de maternidade ou aquele Youtuber famoso, o preço do acesso cresce.

Se sua indústria ainda está começando a se destacar, criar um programa de marketing de influência pode ser um investimento de custo efetivo com benefícios em longo prazo.

E lembre-se que os influenciadores são seres humanos. Não se deve forçá-los a nada. Aproxime-se deles e faça sua oferta de maneira amigável.

 

Quer ter mais resultados digitais?

Nós somos uma equipe multidisciplinar, aprendemos nos últimos anos como criar impacto em diversos negócios utilizando a tecnologia e meios digitais, cada cliente é importante para nós e gostamos de obter resultados que surpreender nossos clientes gerando ainda mais negócios online.

Entre em contato
6c67e12274493ee01fed8a2b0782fa57lllllllllll